PSICOLOGIA, PSICANÁLISE E PSIQUIATRIA

PSICOLOGIA/PSICANÁLISE E PSIQUIATRIA

É comum as pessoas confundirem os profissionais das áreas “psi”. E muitas vezes não ficam claras as diferenças entre a formação, as funções e as atividades do psicólogo, do psicanalista e do psiquiatra – termos que indicam modalidades de atendimentos com características próprias. Vamos entender melhor o que cada um deles faz?

PSICÓLOGO

Com formação superior em psicologia, o psicólogo é um profissional apto para tratar desordens psicológicas e comportamentais. Seu foco, portanto, é o indivíduo. Este profissional tem um amplo campo de atuação, podendo trabalhar tanto no atendimento clínico em consultório ou clínica, como na área de Recursos Humanos de empresas, orientação vocacional, hospitais e psicologia escolar, entre outros.

A graduação em Psicologia tem duração de 4 anos para obtenção dos títulos de bacharelado e licenciatura, e de 5 anos, para obtenção do título de psicólogo. Somente com o título de psicólogo é que o profissional poderá atuar na área clínica.

Após a graduação, o psicólogo poderá complementar sua formação em abordagens teóricas específicas, tais como: psicologia comportamental, Gestalt-terapia, psicologia analítica (mais conhecida como Jungiana), fenomenologia e psicanálise.

O psicólogo pode auxiliar no tratamento de problemas decorrentes de crises como estresses, traumas de todos os tipos, luto, depressão, e ansiedade. A duração do tratamento será determinada pelas necessidades expostas ao longo das sessões. O método de trabalho irá depender de sua formação e da abordagem teórica em que se especializou.

PSICANALISTA

O psicanalista é o profissional que possui formação em psicanálise. Não se trata de um curso de graduação. Para fazer a formação e tornar-se psicanalista é preciso já ter concluído a graduação em psicologia ou medicina. Ou seja: a formação em psicanálise será posterior a um curso superior.

A Psicanálise nasceu a partir do trabalho do médico neurologista austríaco Sigmund Freud, no final do século 19, quando ele percebeu que algumas pacientes apresentavam sintomas físicos sem explicação ou causa orgânica. Passou a investigar a origem desses sintomas. Se não eram causados por disfunções orgânicas, de onde surgiam?

Em suas pesquisas, aspectos inconscientes da mente apareceram como possíveis respostas. A partir daí, passou a dedicar-se ao estudo do inconsciente e de suas manifestações patológicas e não-patológicas.

Não é tão simples definir o que é a psicanálise nem o que faz o psicanalista. O que podemos afirmar é que a psicanálise se constitui numa abordagem terapêutica que parte do pressuposto de que a psique humana é determinada, em grande medida, por aspectos inconscientes. Seu método baseia-se na interpretação dos sonhos, das associações livres, e da transferência, algo que se passa entre analista e analisando. O tempo de duração do tratamento psicanalítico dependerá de cada processo individual.

A duração da formação em psicanálise dependerá da instituição formadora. Por exemplo: a Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, ligada à Associação Psicanalítica Internacional (IPA), oferece formação psicanalítica em que é exigida análise pessoal com, no mínimo, cinco anos de duração, além da parte teórica e das supervisões.

PSIQUIATRA

O psiquiatra é um profissional da medicina que após concluir sua graduação e formar-se médico opta pela especialização em Psiquiatria. Ou seja, o psiquiatra é um médico que se especializou nessa área

A Psiquiatria, que abrange conhecimentos de neurologia, psicofarmacologia e noções de psicologia, lida com prevenção, diagnóstico, atendimento e tratamento de diferentes formas de sofrimento mental, tanto de origem orgânica como de origem psíquica, como por exemplo a dependência química, os transtornos obsessivo-compulsivos, a bipolaridade, a depressão e ansiedades.

Assim como o psicólogo e o psicanalista, o psiquiatra também tem como meta o alívio do sofrimento psíquico dos pacientes, mas somente o psiquiatra possui conhecimentos e autorização para prescrever o uso de medicações que auxiliarão no tratamento dessas enfermidades.

 

 

 

 

3 comentários

  1. Muito esclarecedor o texto psicologia,psicanálise e psiquiatria, mas a formação em psicanálise é para qualquer pessoa que tenha somente curso universitário,não somente médico ou psicólogo. Também, a instituição formadora poderá ser independente da Associação Psicanalítica Internacional(IPA), como o SEDES, USP, PUC, CEPCAMP, dentre muitas outras espalhadas pelo Brasil e outros Países.Abraço!

    Curtir

  2. Gostaria de saber desde quando a formação em psicanálise exige graduações específicas(Medicina e Psicologia). Pelo que sei, a própria SBPSP já formou psicanalistas graduados em engenharia, filosofia entre outras. A psicanálise é um ofício livre, não é propriedade de nenhuma sociedade e no Brasil, assim como na maioria dos países do mundo eh aberta aos profissionais de qualquer área. O próprio fundador da psicanálise S. Freud, deixou isso muito claro no maravilhoso texto “A questão da análise leiga”, seu maior medo era ver a psicanálise praticada por por profissionais sem formação em psicanálise, principalmente os médicos.

    Curtir

    1. Você está certo Marcos. Para fazer a formação em psicanálise é preciso formação universitária: literato, publicitário, administrador empresas, engenheiro, e por aí vai…

      Curtir

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s